Problemas mais comuns em carros e quais marcas mais sofrem com eles

Primeiramente, com seu último estudo de confiabilidade, G1 analisou quais marcas e veículos têm o menor número de visitas a oficinas e problemas mais comuns em carros que o levam a oficina. Quer ficar por dentro de tudo sobre esse assunto? Então, vamos lá!

problemas mais comuns em carros

Portanto, a análise de consumidores trabalhou em conjunto com suas empresas no Brasil para produzir um estudo abrangente, incluindo os problemas mais comuns em carros vendidos nesses mercados.

Sendo assim, o relatório se baseia em dados fornecidos por mais de 52.000 motoristas.

Além disso, também investigou os aspectos que mais preocupam os motoristas ao comprar um carro.

É aqui que vemos a importância da confiabilidade, que entre os pesquisados é um critério decisivo, contudo, mesmo à frente do preço ou do consumo de combustível…

  • Confiabilidade (37%)
  • Tamanho e capacidade de acordo com as necessidades (21%)
  • Design (9%)
  • Preço (7%)
  • Consumo (7%)
  • Marca (5%)
  • Impacto ambiental (3%)

Problemas mais comuns em carros e marcas mais afetadas

No total, o estudo analisa 326 carros e 523 versões. Estas são suas falhas mais recorrentes:

Componentes elétricos. Eles estão na liderança com 17% dos defeitos. Portanto, as avarias mais comuns são centradas em baterias, fusíveis, lâmpadas e luzes de alerta, que também são as mais sérias e caras, como é o caso das janelas e fios elétricos.

  • Marcas mais comuns: Alfa Romeo, Chevrolet, Citroën, Fiat, Renault e SEAT.

Sistema de freio: até 13% dos veículos, sendo que os componentes que mais necessitam de reparo ou substituição contudo, são eles, bombas de freio, linhas de freio, discos de freio, tambores de freio e cabos.

  • Marcas mais afetadas: Chevrolet, Citroën e Fiat.

Motor: é responsável por 8% das falhas (junto com as falhas de componentes).

  • Marcas mais afetadas: Audi, Chevrolet, Citröen, Fiat e Renault.

Sistema de energia. 7% das falhas ocorrem em carburadores, bombas de combustível, sistemas de injeção…

  • Marcas mais afetadas: Chevrolet, Fiat, Lancia e Opel.

Direção: O amortecimento, direção, eixos e pneus causam 7% das quebras.

  • Marcas mais afetadas: Audi, Chevrolet e Citröen.

Aquecimento e ventilação: responsável por 6% das avarias.

  • Marcas mais afetadas: Alfa Romeo, Chevrolet, Citröen, Fiat, Ford, Lancia, Renault e Mini.

Guia auto, a sua maior fonte de notícias sobre carros 2023 da internet.