Please assign a menu to the primary menu location under menu

F1Notícias

F1: Lewis Hamilton sofrerá punição por violar regra da FIA?

Lewis Hamilton e a FIA ainda estão em péssimo estado por causa do uso de joias e piercings. O motorista britânico ainda se recusa a se separar com seu piercing no nariz, entre outras coisas, então a FIA parece estar de volta ao comando. De acordo com Ted Kravitz, a situação pode descarrilar consideravelmente.

Ele tirou seus brincos, mas não pode tirar o anel do nariz“, Kravitz explicou a situação em conversa com a Sky Sports. “Pensamos que ele ia fazer uma pequena cirurgia para tirar os brincos do nariz porque a FIA decidiu ficar dura“.

A FIA e Lewis Hamilton continuam a lutar

Hamilton foi informado pela FIA esta semana que ele ainda tem algum tempo para remover seus piercings. Assim, ele não teria que se submeter à cirurgia até depois do GP de Barcelona, que está programado para daqui a pouco menos de duas semanas. No entanto, o britânico parece se recusar a concordar com isso.

Desde a última corrida da última temporada em Abu Dhabi, as duas partes já não são amigas uma da outra. A situação atual só permite que Hamilton e a FIA se distanciem ainda mais. Para a credibilidade da organização, a FIA parece incapaz de concordar com os argumentos do sete vezes campeão mundial. “A guerra entre Hamilton e a FIA continua“, disse Kravitz.

Verstappen no top dez do pódio de todos os tempos na F1 depois da vitória de Miami

Max Verstappen tem apenas 24 anos de idade, mas já chegou ao top dez em uma lista ilustre. O piloto da Red Bull Racing já terminou no pódio 63 vezes em seu início de carreira, afastando-se de David Coulthard (62 pódios). É provável que Verstappen suba para o oitavo lugar nesta temporada.

Verstappen participou de 146 Grandes Prémios e destes ele conseguiu terminar entre a primeira e terceira posições 63 vezes. Lewis Hamilton ainda lidera a lista com 183 pontos. Os pilotos que ainda estão ativos e que também estão entre os dez primeiros são Sebastian Vettel (terceiro), Fernando Alonso (sexto) e Valtteri Bottas (nono).

Guia auto, a sua maior fonte de notícias sobre a F1 da internet